SABSEG - a Corretora de Seguros de Referência do Mundo Lusófono

Economia, Entrevistas

autor

Redacção

contactar num. de artigos 35068

SABSEG é hoje um operador de referência junto de todo o mercado segurador, ocupando o lugar cimeiro na colocação e gestão de seguros junto dos principais grupos seguradores (nacionais e internacionais) a operar em Portugal. O presidente do Conselho da Administração desta empresa que nasceu em Braga, Miguel Machado, destaca que, para 2018 a proximidade vai ser palavra chave.

P - Aproveitamos esta ocasião, da comemoração do seu 18 aniversário, para entrevistar o Presidente do Conselho de Administração da SABSEG Seguros e começamos por lhe pedir um balanço sobre a actividade em 2017.

R - Para nós o ano de 2017 vai ficar na nossa memória por termos ultrapassado todos os nossos objectivos, apesar das dificuldades económicas não só em Portugal como em Angola, Moçambique e Brasil. A dedicação e a persistência de todos os nossos colaboradores e parceiros permitiram-nos atingir em Portugal um Volume de Negócios na ordem dos 160.000.000€ em prémios de seguros nos países onde estamos presentes. É um momento de festejar e reforçar os níveis de confiança e motivação para o próximo triénio, agora que celebramos o 18.º aniversário.

P - Atingiram os objectivos propostos? Quais os factores críticos de sucesso que destaca no vosso percurso?
R - Desde a nossa criação, em 1999, que a dedicação e o foco nos clientes sempre foi uma marca da nossa diferenciação. No entanto, a estratégia delineada em 2009/2010, num contexto de chegada da crise financeira, centrada na capacidade de atrair talento dentro do sector e aumentar a capilaridade da nossa presença, foram factores importantíssimos. A estratégia de expansão a nível nacional que se materializou com a presença de escritórios próprios distribuídos por todo o país, levou-nos a ser um corretor de seguros global, aliado a uma estratégia de negócio multi-segmento permitiu-nos potenciar o aumento da nossa carteira de clientes, fazendo com que hoje, sejamos uma empresa Líder no mercado onde atuamos.. Por tudo isto a nossa capacidade de distribuição é enorme.
Simultaneamente nos últimos dois anos, tivemos um foco estratégico no desenvolvimento da nossa rede de parceiros SABSEG que hoje conta com mais de 650 agentes em Portugal.
As parcerias estratégicas que temos com a União das Misericórdias Portuguesas, com a Liga de Bombeiros de Portugal, com diversas Associações Comerciais e Industriais, com diversas Dioceses Católicas, com diversos sindicatos, com inúmeros Municípios, com a Federação Portuguesa de Futebol, com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional e com as Associações Distritais de Futebol, fazem com que tenhamos presença constante no quotidiano da sociedade Portuguesa. Mas não posso deixar de destacar também a nossa expansão internacional. Em 2010/2011 a presença em Espanha, Brasil, Angola e Moçambique foi muito importante para a manutenção e conquista de um conjunto de grupos empresariais que viram na internacionalização a melhor resposta à estagnação no mercado português.
Esta presença integrada no Mundo Lusófono ajudou-nos a ser mais fortes.

P - Quais os grandes temas que vão dominar o sector em 2018?
R - A Tecnologia e Conhecimento dos clientes bem como a Proximidade são palavras chaves para 2018. É incontornável que todo o desenvolvimento da Economia Digital vai ter um forte impacto no sector da Corretagem de Seguros e veio para ficar. Por outro lado está também em curso a revisão da Lei que enquadra a Mediação de Seguros em Portugal e que vai no sentido de reforçar a profissionalização do sector.

P - E para a SABSEG quais os principais desafios para o futuro?
R- De uma forma sintética posso responder: chegar a cada vez mais pessoas e cativá-las para clientes da SABSEG. Juntando este pressuposto a uma presença que pretendemos cada vez mais próxima dos nossos clientes e parceiros. Temos as linhas mestras para o desenvolvimento futuro.

P - Que relevância terá a área comportamental dos segurados na definição da sua estratégia?
R - Desde a nossa criação, que o foco nos clientes sempre foi uma marca da nossa diferenciação. Sempre acreditamos que devemos estar centrados nos clientes, conhecendo as suas necessidades e reforçando ano após ano uma relação de proximidade. Esta maior proximidade com os clientes permitirá antecipar tendências e necessidades futuras, permitindo-nos estar na linha da frente no desenvolvimento do negócio com os nossos clientes. Um cliente que vê cumpridas as suas expectativas na resolução das suas necessidades não só estará disponível para receber ofertas de produtos bem como ajudar no fortalecimento da nossa marca. Acreditamos que melhores experiências na relação dos clientes com as marcas conduzem inequivocamente a melhores resultados.

P - Como vê a SABSEG em 2020?
R - Uma empresa líder no Mundo Lusófono e com uma presença relevante na Península Ibérica. Temos como objectivo ultrapassar no mercado português os 200.000.000€ de Prémios de Seguro e sermos os mais inovadores nas novas formas de distribuição, complementando uma forte presença física com uma robusta oferta multicanal.

P - Ao nível da evolução política e económica de Portugal e do Mundo Lusófono. Como vê o desenvolvimento?
R- Vou dividir em três a resposta à sua pergunta. Em Portugal e Espanha, o desenvolvimento futuro será determinado essencialmente pela evolução e resiliência do Euro. Todos desejamos que seja ultrapassada está forte crise e que a União Europeia se fortaleça para bem dos valores democráticos e estabilidade das sociedades. O contrário desta evolução poderá ser o desconhecido. É uma mensagem de esperança aquela que quero transmitir. No que respeita ao Brasil, o optimismo impera. Sabemos que é um mercado difícil. Sabemos que é um país que vai da euforia à depressão em tempo record.
Mas é um país continental com mais de 220.000.000 de pessoas e repare é um dos mais democráticos do mundo. Veja o número de presidentes que foram depostos utilizando mecanismos democráticos previstos na Constituição. Tenho a convicção que a SABSEG vai ser muito feliz no Brasil. Quanto à África Lusófona, temos que compreender que a juventude destes países e os primeiros passos que estão a dar rumo aos sistemas democráticos têm custos associados.
Actualmente estão a passar problemas graves com a convertibilidade da moeda e com impacto relevante ao nível das trocas internacionais.
Mas se encararmos a presença no médio e longo prazo, são economias que vão evoluir e com enorme potencial em várias áreas.

P - Como resumiria, numa palavra ou expressão, o significado actual de SABSEG?
R- A nossa assinatura é ‘Construímos Relações Seguras’, intemporal e intrinsecamente ligada ao nosso ADN de multiplicarmos a presença nos vários sectores da sociedade portuguesa.
Mas, respondendo à sua questão, acreditamos que neste momento a SABSEG significa optimismo e confiança no futuro.


Para a SABSEG Seguros a presença no desporto é estratégica

A SABSEG Seguros tem assumido uma estratégia no Desporto em Portugal, apoiando e contribuindo para o desenvolvimento de várias modalidades.
Nesta estratégia de Comunicação a SABSEG Corretor de Seguros, S.A. demonstra ser uma empresa ecléctica ao apostar em várias actividades desportivas, como por exemplo futebol, andebol, basquetebol, atletismo, entre outras.

O Presidente do Conselho de Administração da SABSEG, Miguel Machado, afirma “apoiamos várias modalidades e isso só demonstra a versatilidade que nos caracteriza, não só no Desporto, como também em todas as nossas áreas de actividade”. Miguel Machado acrescenta “entre todas as modalidades, o futebol é a que possui mais peso nesta estratégia, pois sendo o desporto-rei em Portugal, reúne todos os segmentos e, como tal, faz todo o sentido estarmos mais presentes. A nossa parceria estratégica com a Federação Portuguesa de Futebol e com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional tem já vários anos e tem sido permanentemente consolidada”.

Neste contexto a SABSEG, companhia multinacional especializada no aconselhamento e gestão de risco de pessoas e bens, e parceira da Liga Portugal desde há vários anos, celebrou um conjunto de acordos de patrocínio com diversos clubes da Liga NOS e LEDMAN LigaPro, reforçando a estratégia da marca para os próximos anos e procurando contribuir para o desenvolvimento dos clubes

Segundo Miguel Machado, Presidente do Conselho de Administração da SABSEG Seguros, 'estes acordos proporcionam contrapartidas vantajosas para ambas as partes, para os Clubes onde todo o apoio financeiro directo ou indirecto é fundamental e para a marca que vê assim alargada a sua área de actuação', acrescenta ainda que 'a SABSEG contribui com todo o seu profissionalismo, para o desenvolvimento e progresso dos Clubes, proporcionando-lhes a criação de receitas recorrentes para a sua gestão, e remata afirmando que 'apesar da nossa presença internacional, a SABSEG é uma empresa portuguesa e como tal faz todo o sentido apoiar o Desporto-Rei em Portugal'.

Assim através desta estratégia, a SABSEG tornou-se o patrocinador com maior mancha nesta modalidade, estando presente em 17 clubes da Liga NOS e da LEDMAN Liga Pro.
Com esta abordagem para os próximos anos, a SABSEG procura não só a visibilidade da marca, como o seu reconhecimento junto dos adeptos e a comunicação dos valores que a regem. Esta abordagem permite que o Corretor de referência no Mundo Lusófono intensifique a relação com públicos de diferentes idades, géneros, regiões e classes sociais, que têm em comum a paixão pelo desporto.

Além dos clubes de Futebol Profissional, também no Futebol Amador a SABSEG tem uma forte presença através da parceria estabelecida com a A.F. AVEIRO, A.F. BRAGA, A.F. COIMBRA, A.F. ÉVORA, A.F. GUARDA, A.F. LISBOA, A.F LEIRIA, A.F. MADEIRA, A.F. SETUBAL e A.F. VISEU. Para se perceber a dimensão destas parcerias a SABSEG segura mais de 1100 clubes a nível nacional.
O Presidente da SABSEG afirma que “esta é uma estratégia com base no reforço dos relacionamentos e dos valores emocionais da SABSEG’’, sublinhando “Objectivo é precisamente assegurar uma maior proximidade aos nossos clientes e potenciais clientes”.
Miguel Machado termina. “Queremos viver o desporto e construir relações seguras e duradouras com todos os intervenientes: clubes e adeptos”.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia