Terras de Bouro: Detido casal que ateou fogo “por vingança”

Casos do Dia

autor

Marlene Cerqueira

contactar num. de artigos 1405

Um homem de 57 anos de idade e a esposa, de 50, foram detidos pela Polícia Judiciária de Braga. São suspeitos de, em co-autoria, terem ateado um incêndio florestal em Chorense, no concelho de Terras de Bouro, “por vingança”.
Em comunicado, a PJ refere que a detenção foi efectuada pelo Departamento de Investigação Criminal de Braga, com a colaboração da GNR.

O homem, desempregado, e a mulher, jornaleira, residentes naquela localidade, são suspeitos de “terem ateado com recurso a isqueiro um incêndio que deflagrou na tarde do dia 10 do corrente mês na localidade de Sub Ribas - Chorense - Terras do Bouro”, refere a PJ.
A mesma fonte explica que os suspeitos terão actuado “por razões de desavenças com vizinhos e familiares”.

Os detidos iam ser presentes ontem às autoridades judiciárias para aplicação de medidas de coação tidas por adequadas.
Também ontem, a PJ de Aveiro anunciou a detenção de um homem, de 25 anos, suspeito de atear um incêndio florestal na tarde de domingo, em Aveiro, quando tentava limpar um terreno nas traseiras da sua habitação.
Este ano, a Polícia Judiciária já identificou e deteve 103 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia