Monção: Levar cultura e reavivar memórias

Alto Minho

autor

Redacção

contactar num. de artigos 34728

Projeto “Biblioteca Itinerante - Baús Volantes” reiniciou-se hoje com deslocação a Troviscoso, continuando amanhã no centro de dia do CENSO, em Messegães, e na próxima semana com deslocações a Merufe, dia 17, Barbeita, dia 18, Monção, dia 19, e Pias, dia 20. Nos meses seguintes, as visitas repetem-se com mais leituras, conversas e memórias. Porque os nossos idosos merecem tudo.

Lembram-se da Biblioteca Rural Itinerante? Veículo com estantes de livros e acesso às novas tecnologias que percorria as escolas do primeiro ciclo do concelho, levando livros e filmes aos mais pequenos. Iniciou-se em 2004, um ano após a inauguração da Biblioteca Municipal de Monção, passando a fazer parte da atividade regular daquele equipamento.

Nos primeiros anos, constituiu um importante incentivo à cultura. Depois, com a opção política nacional de concentração de estabelecimentos de ensino, este interessante e aliciante projeto pedagógico perdeu fôlego, acabando por ganhar nova vida num desafio muito parecido com aquele que esteve na origem da sua criação.

De que forma? Primeiro com uma denominação diferente. Passou a chamar-se “Biblioteca Itinerante - Baús Volantes”. Segundo com um público distinto. A sua função direcionou-se para os idosos institucionalizados do nosso concelho. Pessoas que passam grande parte do dia nos centros de convívio das instituições sociais.

Desde 2012, o objetivo passou a ser levar cultura e reavivar memórias dos nossos idosos através de uma deslocação mensal às instituições sociais concelhias que manifestaram vontade em associar-se ao projeto. Depois de um período de férias, reiniciou-se, hoje à tarde, com uma visita a Troviscoso.

Nesta primeira deslocação, ao volante da “Biblioteca Itinerante - Baús Volantes” esteve a técnica Isabel Ferreira. Habituada a estas andanças, referiu tratar-se de “um trabalho enriquecedor” que “transmite grande satisfação aos nossos idosos”, trazendo-lhes à memória “muitas recordações felizes do tempo em que eram crianças”.

O projeto continua amanhã no centro de dia do CENSO, em Messegães, prosseguindo na próxima semana com deslocações a Merufe, dia 17, Barbeita, dia 18, Monção, dia 19, e Pias, dia 20. Nos meses seguintes, as visitas repetem-se com mais leituras, conversas e memórias. Porque os nossos idosos merecem tudo.

*** Nota da C.M. de Monção ***

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia