Escariz S. Mamede: O genuíno pulsar do mundo rural em mais uma edição dos ‘Sabores da Terra'!

Cávado

autor

Redacção

contactar num. de artigos 34728

Os ‘Sabores da Terra’ estão de regresso a Escariz S. Mamede para um fim de semana (14 e 15 de outubro) de festa, alegria e tradição, numa iniciativa em que o genuíno pulsar do mundo rural brilha em todo o seu esplendor. A decoração dos altares com produtos hortícolas, o festival de folclore, a gastronomia regional, a feira das colheitas, o encontro de tocadores de concertina e as exposições de artesanato. Não faltam motivos de interesse para uma visita a Escariz S. Mamede. Ano após ano, os ‘Sabores da Terra’ trazem à freguesia um autêntico mar de gente que não enjeita a oportunidade de viver experiências únicas e embarcar numa emocionante viagem à descoberta das raízes da tradição minhota.

A igreja paroquial é local de paragem quase obrigatória para os visitantes, já que, por esta altura, os altares ganham brilho redobrado com os arranjos de produtos hortícolas. Um trabalho artesanal, elaborado com muita criatividade e minúcia, que anualmente arranca chuvas de elogios dos visitantes, siderados com a criatividade e talento artístico dos atores locais. As portas da exposição patente na igreja abrem ao público às 15h00, de sábado, 14 de outubro. À mesma hora começam a carburar os fogões da Tasquinha de Petiscos Regionais onde, durante todo o fim de semana, pode saborear inúmeras iguarias da gastronomia minhota (pataniscas, pica no chão, rojões, broa caseira, caldo verde, doçaria caseira, vinho novo, vinho de maçã…). O primeiro dia da festa encerra com o festival de folclore, que leva ao palco dois grupos vilaverdenses (Escariz S. Mamede e Santa Maria de Turiz) e um de Viana do Castelo (Santa Marta de Portuzelo).

Preservar e promover a identidade cultural
No domingo, 15 de outubro, as atividades começam pelas 09h00, hora em que começa a Eucaristia de Ação de Graças pelas Colheitas deste ano. Uma hora mais tarde, começa a Feira das Colheitas, com produtos hortícolas, produtos agrícolas (cultivados de forma tradicional e de qualidade garantida), animais vivos e vários artigos caseiros. Ao início da tarde, arranca o Encontro de Tocadores de concertina, um hino à música popular minhota que atrai anualmente centenas de tocadores e milhares de espectadores, garantindo animação pela tarde dentro.

O evento foi criado com o objetivo de preservar a identidade cultural e valorizar o património imaterial da freguesia e a da região, divulgando os saberes e sabores da tradição Minhota. A iniciativa Sabores da Terra é organizada pela Junta da União de Freguesias de Escariz S. Mamede e Escariz S. Martinho, com a colaboração da paróquia local, e insere-se na programação turístico-cultural Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde, que se estende de agosto a novembro com 35 iniciativas de promoção da cultura popular do Minho.

*** Nota da Rota das Colheitas ***

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia