Suspeito de incêndio em Terras de Bouro constituído arguido

Casos do Dia

autor

Teresa M. Costa

contactar num. de artigos 2356

A GNR constituiu ontem arguido um trabalhador agrícola por suspeita de ter estado na origem de um incêndio que deflagrou, anteontem à tarde, em Vilarinho das Furnas, na área do Parque Nacional da Peneda-Gerês no concelho de Terras de Bouro.

De acordo com o que foi possível apurar, o incêndio terá tido origem numa faísca originada por uma moto roçadora, durante a execução de trabalhos agrícolas na zona de Vilarinho das Furnas.
O incêndio, cujo alerta foi dado a meio da tarde, foi debelado ‘à nascença’ por uma equipa de sapadores florestais do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) ao serviço do PNPG que contaram com o apoio dos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro.

O suspeito de estar a realizar os trabalhos agrícolas foi ontem identificado e constituído arguido pela GNR que foi de imediato para o terreno investigar a causa do incêndio.

Recorde-se que todo o território nacional está sob alerta especial laranja no que toca a incêndios, pelo que estão proibidos trabalhos no perímetro florestal, sobretudo com máquinas susceptíveis de gerarem faíscas.

O incêndio de anteontem foi debelado à nascença, mas deflagrou numa área que já foi atingida por grandes incêndios, com milhares de hectares ardidos.
O caso será agora participado ao Ministério Público,seguindo a investigação os trâmites legais.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia