Investigadores internacionais reúnem-se na UMinho para debater o impacto das mudanças climáticas na segurança dos alimentos

Ensino

autor

Redacção

contactar num. de artigos 34711

Analisar o impacto e debater estratégias para mitigar a forma como as alterações climáticas irão influenciar a segurança dos alimentos é o principal objetivo da segunda Conferência Internacional sobre Contaminantes Alimentares, que vai reunir um grupo de especialistas nacionais e internacionais na Universidade do Minho,hoje e amanhã, no Auditório B1.

Organizada pelo Centro de Engenharia Biológica, da UMinho, e pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, nesta conferência serão analisados temas como as mudanças climáticas e as implicações na segurança alimentar e na segurança dos alimentos, e a análise de risco e sistemas de controlo de segurança alimentar.

O impacto das alterações climáticas na produção agrícola e na alimentação humana tem vindo a ser avaliado por cientistas e investigadores. Em junho deste ano a FAO - Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura e a também agência das NU, a WMO - World Metereological Organization - assinaram um memorando de entendimento visando, precisamente, aprofundar a cooperação na resposta às alterações climáticas que, de acordo com os responsáveis destas duas agências, “representam uma urgente e potencial ameaça irreversível às sociedades humanas, ao ecossistema natural e à segurança alimentar.”

A importância do tema levou a que a segunda edição desta conferência internacional se debruçasse sobre as alterações climáticas, desde o seu efeito sobre a disponibilidade de alimentos - Segurança Alimentar - até à presença de contaminantes químicos no alimento - Segurança dos Alimentos. As sessões abordarão a ocorrência de contaminantes químicos, os contaminantes emergentes, a análise de risco e os sistemas de controlo. Nestes dois dias de encontro, especialistas e investigadores de 15 países (Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, Egito, Espanha, Holanda, Itália, Lituânia, Noruega, Portugal, Reino Unido, República Checa, Sérvia, Tunísia) irão debater temas prementes na atualidade, relacionados também com a sobrevivência e a sustentabilidade do planeta e da vida humana.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia