Centro para a Valorização de Resíduos da UMinho celebra 15 anos

Braga, Vale do Ave, Ensino

autor

Redacção

contactar num. de artigos 33985

O Centro para a Valorização de Resíduos da Universidade do Minho comemora o 15º aniversário esta quarta-feira, às 16h00, na sua sede no campus de Azurém, em Guimarães. A abertura conta com intervenções do reitor António M. Cunha, do presidente da Associação Industrial do Minho, António Marques, do vice-presidente do Município de Guimarães, Amadeu Portilha, e da presidente do conselho de administração do CVR, Cândida Vilarinho, que vai depois falar do percurso e da estratégia deste interface, coadjuvada pelo diretor-executivo Jorge Araújo.
 
A iniciativa inclui um fórum sobre temas emergentes no setor dos resíduos, como a economia circular, a valorização energética e os programas de financiamento europeu. Vão tomar a palavra Hermano Rodrigues, da consultora Augusto Mateus & Associados; Raul Fangueiro, da rede Fibrenamics; Feliz Mil-Homens, do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa e da associação AVALER; e Ana Paula Mesquita, da associação Magellan. O fecho é às 18h00, com um verde de honra.
 
Mais de 50 projetos nacionais e internacionais
 
O CVR é uma entidade incontornável do sudoeste europeu ao nível da valorização de resíduos. Os mais de 50 projetos nacionais e internacionais, a maioria deles com apoio comunitário e ligações fortes ao mercado, incluem, por exemplo, aplicar cascas de ovo para tratar efluentes, usar excedentes da azeitona para fabricar pão, converter resíduos agrícolas em biocombustível, valorizar restos vegetais das indústrias, criar uma ecoetiqueta europeia para o azeite, recuperar metais de valor a partir de lamas, aproveitar energeticamente os resíduos contendo PVC, lançar produtos inovadores e sustentáveis a partir de qualquer resíduo e qualificar estratégias de negócio das PME do setor.
 
Fundada em 2002 por iniciativa da Associação Industrial do Minho, da Associação Portuguesa de Fundição, da TecMinho e da UMinho, esta instituição sem fins lucrativos conta com 82 associados de distintos ramos de atividade, 13 colaboradores permanentes, além de colaborações externas com duas dezenas de investigadores de universidades e centros tecnológicos portugueses e internacionais. Este Centro organiza bienalmente a conferência internacional WASTES e está em redes e clusters como a Plataforma Europeia de Biocombustíveis e o Smart Waste Portugal. O CVR presta serviços técnicos, científicos e de aplicação de soluções reais, apostando no desenvolvimento e na inovação em questões ambientais e energéticas.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia