Dois detidos por suspeita de burla informática

Casos do Dia

autor

Redacção

contactar num. de artigos 34760

Policia Judiciária (PJ) de Braga deteve ontem dois homens por “crimes de burla informática e acesso ilegítimo” através dos quais se terão apoderado de mais de 200 mil euros, informou aquela força policial.

Em comunicado, a PJ explica que os dois suspeitos, de 36 e 37 anos, “colaboravam entre si para ilicitamente se apoderarem de quantias monetárias de terceiros, através do ‘modus operandi’ conhecido como ‘phishing’, sendo os valores obtidos ilicitamente através deste esquema fraudulento superior a duzentos mil euros”.

No texto, a PJ adianta que as detenções decorreram de uma operação policial conduzida pelo Departamento de Investigação Criminal de Braga, no âmbito da qual foram realizadas 12 buscas domiciliárias em Braga e Vila Nova de Famalicão, em cumprimento de mandados de emitidos pelo Ministério Público - DIAP (Departamento de Investigação e Acção Penal) de Braga.

“Com a investigação realizada, foi possível determinar e consolidar os indícios relativamente ao papel de vários intervenientes, desde os presumíveis mentores do esquema fraudulento investigado, a angariadores e às chamadas ‘money mules’, que fariam parte do mesmo, prosseguindo as investigações no sentido de apurar a natureza e a extensão das conexões delituosas deste grupo”. Os detidos, comerciantes e com antecedentes por crimes contra as pessoas, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coacção tidos por adequadas.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia