Colégio Dom Diogo de Sousa ajuda a erguer escola na favela de Kibera

Ensino

autor

Isabel Vilhena

contactar num. de artigos 1210

HODI (em Swahili) significa pedir licença para entrar. Kibera é maior favela do mundo. É pedida licença para entrar em Kibera e ajudar quem mais precisa. Hodi Kibera nasceu em 2014, fundada por Rita Martins, devido à necessidade de fazer mais pela população local passando a Associação HODI em 2016 e agora prepara-se para se transformar numa Organização Não Governamental (ONG). O Colégio Dom Diogo de Sousa ‘apadrinhou’ esta causa e vai ajudar a erguer uma escola na maior favela do mundo.

O primeiro passo para que estas crianças tenham acesso gratuito à educação foi dado na festa de encerramento do ano lectivo, cujo valor apurado nas ‘barraquinhas’ reverte para a Associação Hodi. “A componente solidária faz parte da matriz do colégio. Este ano, a verba angariada reverterá a favor da Hodi que está a fazer um trabalho notável no Quénia e é nossa intenção ajudar as crianças dessa favela. Temos o projecto de levantar uma escola em Kibera para ajudarmos essas crianças que não têm tantas possibilidades como os nossos”, afirmou o director do Colégio Dom Diogo de Sousa, padre Cândido Sá, anunciando que a escola vai estar concluída dentro de dois anos, coincidindo com a comemoração dos 70 anos da instituição. O director do colégio acrescenta que “já temos uma ligação grande com a associação. Em todos níveis de ensino, há professores e alunos que apadrinham alunos dessa favela”.

Por seu turno, António Araújo sublinha que este espírito solidário é cultivado durante todo o ano. “Temos tido a felicidade de termos os pais ao nosso lado nas diferentes formas de fazermos solidariedade durante o ano e quisemos agora dar um passo maior, projectarmos para além das fronteiras do país e ir ao encontro de pessoas mais desfavorecidas”, afirmou, reforçando a ideia que está inscrita na matriz do colégio. “Está inscrito na identidade do colégio pensar nos outros, educar os alunos para as necessidades dos outros e aqui com um sentido tão bonito de proporcionar educação a crianças desfavorecidas no continente africano”.

De salientar que, nos dois últimos anos, a receita reverteu para o IPO do Porto e, este ano, a verba será para a construção da escola em Kibera, o que permitirá que cerca de 200 crianças tenham acesso à educação. “O ano passado recolhemos quase dez mil euros com esta festa e este ano o prognóstico será o mesmo. o que significa que, em Setembro, quando a Rita regressar ao Quénia, já levará verba suficiente para comprar o espaço onde a escola será construída”, assegurou António Araújo.

Emocionada com o gesto do colégio, Rita Martins confessou que “é uma oportunidade excelente que nos deixa muito emocionados. O colégio já desde há bastante tempo que tem vindo a colaborar com a Hodi. Tem mais de 50 crianças apadrinhadas e agora esta oportunidade que nos está a dar é algo único: por um lado vamos ter oportunidade de ajudar cerca de 200 crianças a terem acesso a uma educação gratuita lá em Kibera, mas também é uma base de crescimento muito grande do projecto. Estamos muitos felizes”. Rita Martins parte em Setembro para Kibera e na bagagem leva a esperança de um futuro melhor.

Colégio Dom Diogo de Sousa junta famílias numa festa memorável

O Estádio Municipal de Braga voltou a servir de cenário para mais uma surpreendente festa de encerramento do ano lectivo do Colégio Dom Diogo de Sousa. Uma festa que serviu também para celebrar o Dia Mundial da Criança, onde não faltaram pinturas faciais, insufláveis e vários espectáculos para a pequenada que se divertiu “à grande” neste final de tarde memorável para as famílias que, anualmente, se juntam para mais um convívio de alunos, pais e professores.

Neste final de tarde carregado de emoções, os alunos do secundário disputaram a final da Super Liga num torneio amigável inter turmas que culminou com o momento tão ansiado da subida dos vencedores ao palco.
Pelo palco, desfilaram também as diferentes actividades extracurriculares que o colégio dispõe, numa inequívoca demonstração da qualidade e empenho dos alunos que frequentam as diferentes actividades.

Com a chegada das famílias ao recinto já ‘povoado’ pelas ‘barraquinhas’ correspondentes a cada ano - do pré- escolar ao 12.º ano -, o director do Colégio Dom Diogo de Sousa, padre Cândido Sá, dava conta do espírito de união que envolve este encontro que junta toda a família do Colégio Dom Diogo de Sousa.

“É a nossa festa de encerramento do ano lectivo, onde lembramos e vivemos o Dia Mundial da Criança. Esta festa envolve várias componentes, nomeadamente uma mostra das diferentes actividades extracurriculares e, para os mais velhos, promovemos a ‘Liga Dom Diogo’ e, essencialmente visa marcar o encerramento do ano lectivo com um convívio de toda a família do colégio que vai des-de o pré-escolar até ao ensino secundário”, afirmou o director do Colégio.

António Araújo, administrador do Colégio Dom Diogo de Sousa, salienta os resultados excepcionais obtidos pelos alunos, apelidando a instituição de Centro de Alto Rendimento Escolar. “Eu costumo dizer aos alunos que o colégio hoje é um centro de Alta Competição”, realçando, com orgulho, que “este ano tivemos chumbos zero, não há reprovações em nenhum ano de escolaridade e, isso, naturalmente, satisfaz-nos imenso, o que espelha o sentido de responsabilidade dos nossos alunos”.

António Araújo aponta o progresso notável de muitos alunos “que chegam ao colégio num patamar inferior e saem num nível muito mais elevado, tendo feito um progresso durante os anos em que lá estão. Cada vez mais o colégio tem melhores resultados e podemos apelidar a instituição de Centro de Alto Rendimento Escolar”.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia