Amares regista uma descida de quase 40% na taxa de desemprego

Cávado

autor

Redacção

contactar num. de artigos 35035

A taxa de desemprego no concelho de Amares registou uma das maiores descidas dos últimos anos. Face ao mesmo período de 2016, o ano de 2017 apresenta uma queda de 39,7%, segundo os dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (I.E.F.P.).

Esta diminuição é o resultado, entre outros fatores conjunturais, das medidas que têm vindo a ser tomadas e consolidadas no concelho, nomeadamente através de novas dinâmicas criadas pelo Gabinete de Empreendedorismo do Município de Amares. Isso mesmo corrobora o presidente da Câmara Municipal de Amares, Manuel Moreira, que “extremamente satisfeito com os resultados obtidos e com o impacto com estes números representam no desenvolvimento económico e social do concelho, assim como, na melhoria das condições de vida dos munícipes”, lembra a estratégia de apoio que tem vindo a ser implementada desde o início do seu mandato.
“Traçamos uma linha orientadora para o concelho no que diz respeito ao apoio e parcerias com as empresas, empresários e desempregados de Amares que está a dar os seus frutos”, sublinha o autarca. “Esta descida de quase 40% é muito significativa e revela que estamos no bom caminho e, nesse sentido, vamos manter esta política de apoio constante ao setor empresarial e desempregados do nosso concelho”, acrescentou Manuel Moreira.

Até ao momento, o Gabinete de Empreendedorismo do Município de Amares já impulsionou a constituição de 36 novas empresas e apoiou 31 na realização de estágio profissional, tendo como objetivo especifico a inserção efetiva no mercado de trabalho. O Gabinete de Inserção Profissional (GIP) contribuiu ativamente para a dinamização e inserção dos desempregados através do acompanhamento individual e promoção / apoio das medidas do IEFP junto ao tecido empresarial.

Dos dados apurados, o concelho regista atualmente 731 desempregados, menos 481 do que o mesmo mês de 2016, sendo que destes 425 são do sexo feminino. Relativamente à faixa etária 96 tem menos 25 anos, 148 estão entre os 25 e os 34 anos, 311 entre os 35 e os 54 anos e 176 desempregados têm mais de 56 anos. Quanto à escolaridade, o concelho regista uma maior incidência nos desempregados com 1º ciclo (4ºano) 142, 3º ciclo (9ºano) 121 e Nível Secundário 186.

*** Nota da C.M. de Amares ***

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia