PSP de Braga arromba porta para salvar vítima de violência

Casos do Dia

autor

Patrícia Sousa

contactar num. de artigos 1710

Um homem agrediu e sequestrou a companheira, mantendo-a “cativa” no quarto. Para terminar aquele “quadro grave de violência doméstica”, com “iminente perigosidade para a vida” da mulher e da sua filha menor, os agentes da PSP de Braga, que foram chamados ao local na madrugada de ontem, arrombaram a porta de casa. A vítima, com ferimentos graves, foi assistida no Hospital de Braga.

O alerta foi dado às 1.15 horas, através de uma chamada telefónica e “já no local, a PSP constatou a veracidade dos factos e, perante a iminente perigosidade para a vida da ofendida e da sua filha menor, apesar das tentativas promovidas no sentido do suspeito abrir voluntariamente a porta do apartamento, que resultaram infrutíferas, adveio a extrema necessidade da imediata intervenção policial, no sentido de resgatar a vítima e a sua filha”, pode ler-se no comunicado da PSP de Braga.

Os agentes da PSP procederam a uma “entrada táctica” no apartamento, arrombando as portas de entrada e do quarto onde o casal se encontrava.
A vítima, com 26 anos, apresentava “ferimentos graves”, tendo sido transportada para o Hospital de Braga.
O detido, com 22 anos, foi apresentado nos Serviços do Ministério Público junto do Tribunal Judicial da Comarca de Braga, que lhe aplicou como medida de coacção a vigilância electrónica.
O suspeito ficou ainda proibido de se aproximar da vítima, sendo obrigado a manter-se afastado pelo menos 300 metros.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia