IPCA mantém propinas mais baixas do país

Ensino

autor

Redacção

contactar num. de artigos 32819

Apesar do aumento anual de 50 euros, a aplicar já a partir do próximo ano lectivo, o IPCA - Instituto Politécnico do Cávado e Ave mantém as propinas mais baixas do país. Os cursos de licenciatura vão passar de 780 euros para 830 euros anuais. As restantes propinas mantêm os valores actuais, adiantou ontem fonte oficial da instituição.
“No fundo, trata-se de um aumento de cinco euros por mês”, explicou a mesma fonte, lembrando que a propina pode ser paga em 10 mensalidades.

A proposta de aumento das propinas foi apresentada pela presidência do IPCA, mereceu o parecer favorável do Conselho de Gestão e foi aprovada pelo Conselho Geral.
O aumento é fundamentado pela necessidade de arrecadar verbas para a construção de infra-estruturas desportivas, nomeadamente um polivalente, no campus do IPCA, em Barcelos.
“Os alunos vão ser, assim, directamente beneficiados”, acrescentou a mesma fonte.

Durante os últimos seis anos lectivos, o IPCA nunca aumentou o valor das propinas, mantendo-o em 780 euros, no que respeita às licenciaturas.
No próximo ano lectivo, só esta é que aumenta, mas os bolseiros não terão qualquer tipo de penalização.
Para a Associação Académica do IPCA, o aumento das propinas será “prejudicial” tanto para os alunos como para as famílias, que já passam por “muitas dificuldades”, face ao actual contexto económico do país. A associação sublinha ainda que o facto de o IPCA ter das mais baixas propinas do país tem sido um “factor determinante” para a captação de um crescente número de alunos.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia