Prémio internacional de inovação educativa para cientista da UMinho

Ensino

autor

Redacção

contactar num. de artigos 33945

Com o projecto ‘Kids Media Lab’, a investigadora Maribel Miranda, conquistou o prémio internacional ‘Innovación Educativa con TIC’, atribuído pela Edutec — Associação espanhola para o Desenvolvimento de Tecnologias Educativas.
Com o ‘Kids Media Lab’, a cientista do Centro de Investigação em Educação da Universidade do Minho criou um laboratório móvel que pretende iniciar os mais novos na programação e na robótica.

Mais de 300 crianças de cinco distritos do país já contactaram com este projecto pioneiro com que Maribel Miranda conquistou o galardão, num valor de 3000 euros, que lhe será entregue formalmente em Novembro, no Chile, no âmbito do congresso anual da Edutec.
Este projecto visa criar espaços de formação e de apoio à integração de novas tecnologias na educação pré-escolar, com actividades ligadas à programação e à robótica.

“Levamos robôs e tablets para jardins-de-infância de Aveiro, Braga, Coimbra, Porto e Viseu, no sentido de perceber de que forma as crianças estruturam e desenvolvem o seu raciocínio quando usam as tecnologias e destacar as potencialidades destas no seu processo de aprendizagem”, afirma a pós-doutoranda do Instituto de Educação, citada num comunicado emitido ontem pela universidade minhota. As actividades de pensamento computacional, programação e robótica decorrem até ao final deste ano lectivo.
Entretanto já foram promovidas acções de formação para 150 profissionais ligados à área da educação.

O próximo passo é levar o ‘Kids Media Lab’ aos restantes agrupamentos escolares do país. “Os novos dispositivos e recursos tecnológicos podem contribuir para repensar e delinear actividades e conteúdos inovadores capazes de proporcionar experiências gratificantes e formas de brincar que potenciem a imaginação, a criatividade, a reflexão e o pensamento dos mais novos”, defende a aveirense de 39 anos, que vê neste prémio “o reconhecimento do trabalho desenvolvido e um estímulo importante para continuar”.

O estudo irá permitir, ainda, saber que tecnologias as crianças utilizam no seu dia-a-dia, potenciar o desenvolvimento de competências associadas à literacia digital, além de promover a criatividade e imaginação, através da representação simbólica associada à programação.
No âmbito deste projecto, que termina em 2019, Maribel Miranda tem interagido com grupos de investigação da Tufts University e do MIT - Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos EUA.
O ‘Kids Media Lab’ tem o site www.nonio.uminho.pt/kidsmedialab, conta com a supervisão do professor António Osório e é financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia