Miguel Bandeira: O Plano Director Municipal não é um espartilho

De professor universitário a vereador no Município de Braga com responsabilidades em pelouros sensíveis como o do Urbanismo, Miguel Bandeira entrevistado na Radio Antena Minho e no Correio Minho, revela a ambição de fazer do Plano Director Municipal que não idealizou, um instrumento de desenvolvimento de Braga, com uma regeneração urbana mais abrangente. Admite que o processo das Sete Fontes não andou tão depressa como esperava, mas afirma ser irreversível.

Tempo

Farmácias de serviço

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia