Senhor doutor, tenho os dedos dos pés a descamar…

Voz à Saúde

autor

Sofia Melo

contactarnum. de artigos 9

A expressão ‘pé de atleta’ é vulgarmente empregue para designar a infeção dos pés por fungos dermatófitos, sendo os mais frequentes os dos géneros Trichophyton e Epidermophyton. É um problema de pele incómodo que, quando aparece, pode tornar-se difícil de eliminar. Contudo, com tratamento adequado, esta situação pode ser resolvida rapidamente.
Este tipo de infeção localiza-se geralmente nas zonas interdigitais dos dedos do pé, preferencialmente entre o quarto e quinto dedo.

Os principais sintomas são prurido (comichão), descamação, maceração e fissuras. Se a lesão não for detetada precocemente, ela poder-se-á estender para a superfície plantar dos pés, unhas (provocando alterações da cor e formato) e até para outras regiões do corpo como, por exemplo, as virilhas.
O ‘pé de atleta’ é uma doença contagiosa. As principais vias de transmissão são o contacto direto da pele com pele ou o contacto indireto através de superfícies contaminadas em ambientes quentes e húmidos como balneários, piscinas, ginásios, saunas, instalações de apoio dos veraneantes, praias, etc.

Há alguns cuidados que pode ter para evitar este tipo de infeção, nomeadamente, evitar andar descalço em espaços públicos, usando sempre chinelos ou outro tipo de calçado; lavar e secar cuidadosamente os pés, especialmente entre os dedos; mudar de toalhas regularmente e não as partilhar com outras pessoas, incluindo os tapetes dos pés; usar calçado, em pele ou materiais naturais, que mantenha os pés arejados e secos; mudar de calçado com frequência; evitar sapatos desconfortáveis que não se ajustem e provoquem bolhas ou feridas nos pés; usar meias de algodão, que deixam a pele respirar e mudá-las diariamente.

Em caso de infeção, deve lavar as roupas, que estiveram em contacto com as zonas infetadas, a temperaturas altas para eliminar os fungos; por outro lado, deve calçar sempre as meias antes de vestir o resto da roupa, para evitar a contaminação de outras partes do corpo.
Muitas pessoas pensam que o ‘pé de atleta’ não tem cura porque não fazem o tratamento adequadamente e, por isso, têm reinfeções com alguma frequência.

Mas o ‘pé-de-atleta’ tem tratamento, tem cura!
Se suspeita que os seus pés padecem deste tipo de infeção, dirija-se ao seu médico de família para ser avaliado e tratado convenientemente.
Lembre-se, cuide de si! Cuide da sua saúde!

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Voz à Saúde

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia